Crítica – Procurando Dory

novos-posteres-de-procurando-dory-1

Procurando Dory, é um filme que conta a saga de Dory em busca de sua família com a ajuda de Marlin e Nemo.
Após 1 ano do retorno de Nemo, Dory tem uma memória da sua infância com seus pais, após isso, juntos os três vão mar a fora em busca de respostas.
Esse filme que além de ser um dos mais aguardados do ano de 2016, e que também é aguardado pelo público a anos, já veio carregado de muita ansiedade e expectativas principalmente pelo público fã de Procurando Nemo, e posso dizer que o mesmo não decepcionou.
Com foco principal na personagem mais querida desde o primeiro filme, Procurando Dory veio recheado de muitas sátiras divertidas, de momentos emocionantes, de uma busca pelos mares que prende o público do começo ao fim, e com falas que arrancou muitas risadas e suspiros dos que estavam presentes na sessão.
O foco do filme era dar uma história, um passado para a Dory, a peixinha tão amada pelo mundo a fora, com seu jeito único e a clássica perda de memória recente. E posso dizer que o objetivo foi alcançado com sucesso.
Do começo ao fim, o foco do filme não foi perdido. Nos mostrou todas as perguntas que tínhamos desde o primeiro filme, sobre questões que envolviam a mesma. Nos presenteou com novos personagens que acrescentaram positivamente no filme e na história, e nos surpreendeu com o passado de Dory, que eu e creio que muitos, não esperavam. Mas conseguiu ser tão encantador e apaixonante como Procurando Nemo. E ouso dizer que para mim, foi muito melhor que o primeiro filme.
Para aqueles que já eram fãs, admiradores de Procurando Nemo, que são amantes de bons desenhos animados, que estão em busca de ver um filme que tenha uma qualidade impecável, te prenda, te divirta, e te emocione ao mesmo tempo, não pode deixar de conferir Procurando Dory, que ao meu ver, um dos melhores filmes já produzidos pela Disney até hoje.

 

Direção de: Andrew Stanton, Angus MacLane
Gênero: Animação, Comédia
Jornalista: Bianca Antunes Martins

COMENTÁRIOS