Crítica: Invasão Zumbi

Como os zumbis estão sendo cada vez mais procurados pelo público, por conta do seriado The Walking Dead e dos filmes: Meu Namorado É Um Zumbi, Todo Mundo Quase Morto, são exemplos de alguns filmes que deram certo envolvendo os mortos-vivos. O filme é uma adrenalina pura, deixando os espectadores nervosos junto com os personagens. O longa começa a tratar de um moralismo implacável de quem conseguira viver na Coréia que está num terrível colapso.

A Coreia do Sul fez um investimento e tanto produzindo um longa onde as criaturas aparecem de maneira bem invasiva no País deles com muita originalidade. Este filme é dirigido por Sang-Ho Yeon. O longa gira cintando uma história de um pai divorciado, que é convencido pela filha que mora com ele, a leva-la um tempo para passar com sua mãe no dia de seu aniversário.

515438

Acontece então um surto viral misterioso que deixa a Coréia em estado de emergência. Um vírus não identificado se alastra pelo país, transforma a população em zumbi e o governo coreano declara lei marcial.

O pai e a filha pegam um trem com destino a Busan, mais a viajem acaba sendo mais tensa do que esperavam. Neste meio tempo começa uma epidemia zumbi em toda a Coreia, e um desses zumbis, acaba entrando no mesmo trem, gerando então um tumulto imenso em que as pessoas lutam um contra o outro para poder sobreviver. Diante disso existem as pessoas que pensam nas ouras e ajudam e as que se importam apenas com si próprio.

O roteiro traz inúmeras situações de conflitos, na maioria física porem a parte emocional também toma conta. Um detalhe bem importante é que os zumbis não são lentos como todos pensam que são, eles são velozes e muito insanos atacando as pessoas que veem pela frente. Dezenas de pessoas presas dentro de um trem sendo atacado por zumbis, uma emergência total vem à tona na Coreia.

É nítido que os efeitos visuais e especiais foram bem aplicados, com uma perfeita maquiagem, apesar da simplicidade da narrativa. Em um certo trecho do filme três personagens amarram ataduras envolvendo os pulsos e braços para então enfrentar os zumbis enquanto mudam de vagões e tentam derruba-los um por um.

invasao-zumbi-train-to-busan-2

Moral do filme, é que a sobrevivência depende muito se os personagens entendem que é preciso ajudar uns aos os outros, se alguém tiver qualquer tipo de individualismo será punido. Até mesmo as mortes que aparecem em certas cenas, tendem a demonstrar os atos heroicos, sacrifícios em prol de um bem maior, ou seja, na sobrevivência das pessoas, com isso Invasão Zumbi acaba caindo num profundo sentimentalismo.

filmes_11640_train4

O que está bem presente do início ao fim do longa é a música bem melodramática que alimenta ainda mais o contexto da narrativa deste filme. Essa é uma característica bem sul-coreana, é um romantismo oriental ao extremo que está presente em todos os filmes e séries.

O filme já está disponível nos cinemas, para quem quiser curtir esta adrenalina de ataques zumbis.

Data de estreia: 24 de Dezembro de 2016

Invasão Zumbi- Coreia do Sul, 2016

Direção: Sang Ho-Yeon

Roteiro: Sang Ho-Yeon

Gêneros: Terror, Suspense, Ação

Distribuidor: Paris Filmes

Duração: 118 min

 

COMENTÁRIOS